Síndrome dos olhos secos, catarata e menopausa

005

As mudanças hormonais provocam nas mulheres grandes mudanças no organismo por conta do período conhecido como menopausa.

Nessa fase da vida das mulheres, as mudanças hormonais alteram o “Filme Lacrimal”, causando secura ocular, especialmente no que se refere á qualidade umidificante das lágrimas, provocando sensibilidade á luz, ardência, vermelhidão e coceira ocular.
O acompanhamento médico-oftalmológico é necessário, com o uso de lubrificantes tópicos, orientação alimentar e ambiental(secura do ar ambiente) pelo Oftalmologista, além da orientação do Ginecologista- Endocrinologista.
As chances de aparecer catarata também aumentam durante a menopausa. Isto acontece porque ocorre queda do estrogênio circulante(hormônio feminino), pois o cristalino(lente do interior do olho onde se forma a catarata), precisa deste hormônio para bloquear a produção de uma proteína envolvida na causa da catarata.
A catarata, no início, causa perda discreta da nitidez da visão, diminuição da acuidade visual noturna, ofuscamento com luzes ( de automóveis, postes, etc.), visão de cores tornam-se desbotadas. Conforme haja progressão da doença a visão vai ficando mais turva e embaçada, a leitura e a televisão vão ficando borradas.
A olho nu nem sempre se pode fazer o diagnóstico. Somente o oftalmologista poderá solicitar e realizar os exames para confirmação do diagnóstico, assim como indicar o melhor procedimento para o tratamento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *